Carregando...

Orientações Covid-19

O período de incubação do vírus Covid-19 — tempo entre o dia de contato com uma pessoa doente e o início dos sintomas — é de cerca de cinco dias, apesar de, em casos mais raros, chegar a 14. É nessa fase que o vírus tende a ser transmitido de forma silenciosa. Felizmente, entre 80 e 85% dos casos são leves e não necessitam ser hospitalizados. No entanto, 15% precisam ser internados, a maioria idosos. Pesquisadores apontam que o pico da curva de contaminados com o Covid-19 no Brasil deverá ocorrer a partir do meio de abril e começo de maio. Portanto, gostaríamos de reforçar nesse momento, que vamos vivenciar o período crítico dessa crise, os cuidados com a prevenção de contágio do Covid-19:



1º) Isolamento social na vida pessoal:

Este é um dos cuidados mais importantes nesse momento para evitar o contágio pessoal e a disseminação do vírus nas pessoas que convivemos.


2º) Cuidados ao sair para trabalhar:

- Manter as unhas curtas e sem adornos (unhas compridas e com anéis ficam mais difíceis de ser higienizadas e sanitizadas);
- Sair com cabelo preso, sem brincos;
- Não tocar olhos, boca e nariz enquanto estiverem na rua, e aplicar o álcool gel com frequência;
- Utilizar calçados que sejam fáceis de sanitizar a sola quando retornarem para casa.


3º) Cuidados dentro de Casa:

- Lavar a mão com frequência com água e sabonete (quando estão em casa a prioridade é lavar as mãos com água e sabão, utilizando o álcool gel quando estão nos ambientes externos sem possibilidade de lavar as mãos);
- Atenção ao tossir e espirrar, protegendo com o cotovelo flexionado ou com um lenço – em seguida, jogar fora o lenço e higienizar as mãos;
- Trocar a toalha de secar as mãos do banheiro com frequência diária ou mais de uma vez por dia;
- Limpar Sanitizar as superfícies físicas do ambiente com maior contato todos os dias: maçaneta das portas, vaso sanitário, pia, piso etc. Para esta sanitização pode ser usado álcool 70 % com borrifador, solução de água sanitária (20 mL para cada 1L de água), ou limpadores desinfetantes comuns;
- Objetos caso estejam em ambientes compartilhados por outras pessoas, também devem ser limpos com maior frequência;
- Manter ventilação natural nos ambientes e diminuir o uso de condicionadores de ar (ar condicionado) ao estritamente necessário;
- Evitar beijos e abraços mesmo em pessoas aparentemente saudáveis, pois o vírus pode permanecer incubado e sem sintomas por vários dias.


4º) Cuidados com as Compras:

- Fazendo as compras: levar uma lista para ser ágil. Levar um paninho ou papel para aplicar álcool gel nas superfícies que toca no carrinho ou cesta de compras. Aplicar álcool gel nas mãos com frequência e não tocar nos olhos, nariz e boca; - Ao chegar as compras feitas, colocar todas as compras sobre a bancada da pia. Tirar das sacolas e lavar todos os itens possíveis com água e sabão ou sanitizar a superfícies (borrifar álcool 70% ou solução sanitizante). Frutas e verduras podem ser lavadas com água e sabão (possíveis) e deixar alguns minutos de molho com gotas de vinagre ou solução com água sanitária. As sacolas plásticas externas devem ser colocadas no lixo ou guardadas dentro de uma só e mantidas por no mínimo três dias antes de reaproveitar o uso (o vírus pode se manter ativos por até três dias em superfícies) Sanitizar a bancada após guardar todos os itens e lavar as mãos.


5º) Na cozinha e na preparação de alimentos:

- Evitar falar sobre os alimentos durante o preparo, em especial os servidos crus ou in natura;
- Cozinhar bem carnes e ovos;
- Copos e talheres não devem ser compartilhados;
- Evitar o uso de garrafas de água portáteis (compartilhadas).


6º) Uso de Máscaras faciais:

-  Antes de colocá-la, higienize as mãos com água e sabão ou álcool em gel;
- A máscara deve estar apropriadamente ajustada à face para garantir sua eficácia (consulte o manual do fabricante), sob o risco de produzir uma falsa sensação de segurança; Cubra a boca e o nariz com a máscara e se certifique de que não há espaços entre o acessório e o rosto.
- Enquanto estiver em uso, evitar tocar na máscara;
- Remover a máscara usando a técnica apropriada (ou seja, não tocar na frente, mas remover soltando as amarras); descarte-a imediatamente em uma lixeira fechada.
- Após a remoção, ou sempre que tocar inadvertidamente na máscara usada, lavar as mãos;
- Caso a máscara fique úmida, substituir por uma nova, limpa e seca;
Não se esqueça: as máscaras só são eficientes quando usadas em combinação com a limpeza frequente das mãos.


7º) Imunidade – hidratação e alimentação equilibrada:

- Para evitar estar mais suscetível a vírus e bactérias patogênicas, precisamos fortalecer nossa barreira imunológica, e uma maneira eficiente de fazer isso é tendo cuidados com a alimentação e hidratação. Tomar água, manter frutas e vegetais no cardápio. Ideal também que tenham uma adequada suplementação de vitaminas indicadas pelos especialistas (médicos e nutricionistas).
- Atividade Física e Cognitivas:
Importante para manter a saúde física e mental.


8°) Atenção aos Sintomas:

- Os sintomas são semelhantes ao de uma gripe comum acrescidos de febre, dificuldade para respirar, falta de ar, problemas gástricos e diarreia.




Tire sua Dúvida